Sede

12º CBGE > Sede

Universidade Feevale: https://www.feevale.br/ 

A Universidade Feevale é reconhecida pela inovação e qualidade no ensino, na pesquisa e na extensão, sendo considerada uma das principais instituições do país. Aliando a tradição de cinco décadas – foi fundada em 28 de junho de 1969 – à vanguarda, a Feevale também vem se projetando internacionalmente, em função de parcerias com instituições estrangeiras distribuídas em todos os continentes.   

A Feevale oferece cursos de extensão, graduação, especialização, MBA, mestrado e doutorado, e ainda mantém uma Escola de Aplicação, com Educação Básica e Profissionalizante. A Universidade possui dois campi, um em Novo Hamburgo e um em Campo Bom, além de polos da Feevale Digital em Dongguan, na China, e nos seguintes municípios: Campo Bom, Esteio, Gramado, Gravataí, Igrejinha, Montenegro, Nova Petrópolis, Parobé, Portão, São Sebastião do Caí e Sapiranga.

Sobre o curso de Educação Física da Universidade Feevale, o seu início se deu em 1973 e desde então vem formando profissionais da Educação Física, em curso de licenciatura, contribuindo para a qualificação do Ensino Básico na região, a partir da integração das dimensões técnico-científica, didático-pedagógica, cultural, e sócio-política. Em consonância com os dispositivos legais, vigentes na época, a formação desses profissionais, permitia a atuação dos licenciados nos diversos segmentos da área. Posteriormente, oif proposto na instituição o Curso de Bacharelado em Educação Física, com foco aos demais segmentos e intervenções da Educação Física, tendo como campo de atuação academias, clubes esportivos, hospitais, clínicas, hotéis, parques, Unidades Básicas de Saúde, etc. Esse profissional atenderá a população em geral, considerando a necessidade de a mesma manter-se, cada vez mais, ativa fisicamente com vistas à prevenção e manutenção da saúde.

https://www.feevale.br/graduacao/educacao-fisica 

 

Já sobre o Programa de Pós-Graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social, o mesmo foi recomendado pela CAPES em 27 de novembro de 2012, sendo que as atividades acadêmicas tiveram início em março de 2013. Como resultado da avaliação do primeiro quadriênio (2013 a 2016), o programa obteve nota 5 da CAPES, com o seguinte parecer: “O corpo docente apresenta uma sólida formação interdisciplinar, com uma produção intelectual e técnica muito boa e intensa dedicação em atividades de ensino, extensão e pesquisa.

O Programa de Pós-graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social teve sua origem no primeiro semestre de 2006, a partir de um núcleo de pesquisadores, que reunidos em torno do objeto da “inclusão social” criou o segundo mestrado da Universidade Feevale, o “Mestrado Profissional em Inclusão Social e Acessibilidade”, com duas linhas de pesquisas naquela ocasião, uma de “Políticas e Inclusão Social” e a outra de “Qualidade de Vida nos Processos de Inclusão Social”. O curso foi aprovado em 2007 pela Capes e no decorrer do processo de implantação do curso foi criado a terceira linha de pesquisa em “Inclusão Digital”. Todavia, as atividades acadêmicas começaram em março de 2008. 

Em 2012, a CAPES aprova o Programa Diversidade Cultural e Inclusão Social integrando mestrado e doutorado acadêmico, num programa completo no formato que temos hoje, com a área de concentração Diversidade e Inclusão e três linhas de pesquisa consolidadas: Linguagens e Tecnologias; Inclusão Social e Políticas Públicas; e Saúde e Inclusão Social.

O trabalho e reconhecimento acadêmico deste grupo de pesquisadores teve como consequência o reconhecimento pela Capes do conceito 5 em 2017.

https://www.feevale.br/pos-graduacao/stricto-sensu/programa-de-pos-graduacao-em-diversidade-cultural-e-inclusao-social